Arquivo

Archive for the ‘Geral’ Category

MetaStock XV – LANÇAMENTO!!

14 de Novembro de 2016 Deixe um comentário

Foi lançada neste mês de novembro a nova versão do MetaStock, contendo diversas novidades, como:

  • Versão fim-de-dia (D/C) possibilita o uso de serviços de dados de terceiros
  • Possibilidade de uso de modo off-line (sem conexão à internet)
  • Gerenciamento totalmente novo para dados locais
  • Melhorias de estabilidade na conexão à internet
  • Periodicidades totalmente customizáveis em todas as ferramentas
  • Novos Sistemas
  • Novos Experts
  • Novos Templates

Já disponível para compra pela nossa loja virtual

Anúncios
Categorias:Geral

MultiCharts 8.5 – Adicione Análise de Volume ao seu arsenal!

25 de Março de 2013 Deixe um comentário

O MultiCharts teve sua versão 8.5 lançada, com muitas novidades, e ainda um desconto de US$ 200,00 para a licença permanente.  Este desconto é temporário, e para comprar clique aqui http://mctrade.com.br/multicharts_compra.html ou aqui para o .NET http://mctrade.com.br/multichartsnet_compra.html

Uma grande novidade são os novos tipos de gráficos, baseados em volume: Volume Delta, Cumulative Delta e Volume Profile

Volume Delta

Este tipo de gráfico permite você ver quantos trades foram feitos na oferta de venda (ask) e de compra (bid) em cada nível de preço, dentro de uma barra. Há dois tipos de cálculo: “Ask Traded vs Bid Traded” e “Up Ticks vs Down Ticks”, e três opções de exibição: “Bid and Ask Volume”, “Total Volume”, e “Delta (Ask – Bid Volume)”. Você pode também ter os números como percentuais. 

Volume Delta

Volume Delta

Cumulative Delta

Também conhecido como “CD”, este tipo de gráfico é baseado na direção da acumulação do volume, não no preço. A escala do gráfico mostra o volume e barras representando o delta acumulado (compra menos venda) do volume para uma periodicidade especificada. Em mercados em tendência, o CD irá se mover dentro de valores positivos ou negativos, enquanto ele vai oscilar em torno de zero em mercados sem tendência definida.

Cumulative Delta

Cumulative Delta

Volume Profile

O gráfico Volume Profile (VP) foi completamente repensado e reconstruido a partir do zero. Ele é agoar um gráfico avançado com diversas opções e métodos de exibição.  Ele é disponível em todos gráficos. O VP rastrea o volume da atividade dos trades através de diferentes níveis de preço e tempo

Voume Profile

Voume Profile

Além destes gráficos, o MultiCharts 8.5 tem mais de 100 novidades e melhorias, das quais destaco:

  • Novas e flexíveis regras de corretagem, para um back-test ainda mais preciso
  • Play-back do pregão segundo a segundo
  • Alerta enviado por e-mails aceita agora contas do Gmail e outras que usam SSL.
  • O usuário pode agora escolher as pastas onde quer gravar o banco de dados, estudos, logs, e arquivos de cache – muito útil para ambientes com restrição de acesso.
  • Comportamento da estratégia de saída aprimorado
  • Otimização com maior velocidade e recursos
  • Novo botão de acesso rápido – uma lista dropdown com os símbolos e periodicidades usados recentemente.
  • Nova janela de serviços para o Scanner
  • Os estudos feitos em PowerLanguage funcionam agora no Windows 8
  • Aprimorada a estabilidade e performance geral

Este upgrade (assim como qualquer upgrade MultiCharts) é grátis para quem já tem o software, bastando atualizar seu software.  E para quem ainda não tem MultiCharts, agora tem mais 100 motivos para comprar!

 

Marcelo Creimer

Categorias:Geral

MetaStock XENITH – uma poderosíssima ferramenta (até no seu tablet!)

7 de Novembro de 2012 Deixe um comentário

Quem tinha/tem o MetaStock 11 Pro for QuoteCenter, pode ter uma melhor noção do que é o Xenith.  Eu digo “noção” porque o Xenith é tido como uma evolução do QuoteCenter, mas eu diria, com toda honestidade, que não é uma evolução, mas uma revolução.  A quantidade de recursos do Xenith é muito maior, as ferramentas são muito mais fáceis de usar, e você ainda pode acessar o Xenith, com todas suas configurações pessoais, de outros computadores ou do seu iPad (em breve também Android).  Ou seja, aquela sua carteira de acompanhamento que você criou no Xenith no seu computador, estará lá, quando você abrir o Xenith no seu iPad.  E qual o custo adicional para ter o Xenith rodando no seu iPad?  Zero.  Basta você entrar na App Store da Apple, procurar por “MetaStock Xenith”, baixá-lo, instalá-lo, e usar o mesmo login/senha que você usa na sua versão no desktop.

O Xenith pode também ser comprado à parte, sem o MetaStock 12 Pro.  Quem tem o MetaStock 12 Pro recebe o Xenith de graça; mas quem não tem este MetaStock, e quer só trabalhar com o Xenith, pode também.  Na verdade ele não é comprado; você paga apenas o valor mensal do serviço de dados, que é o mesmo valor mensal do MetaStock 12 Pro.

Muito mais que cotações, gráficos e análise gráfica, o Xenith proporciona uma profunda análise fundamentalista do ativo, estratégias em opções, o consenso de recomendações de analistas estrangeiros, a classificação de risco do ativo, estrutura de débito da empresa, e tantas outras informações de empresas e países, que chega a detalhes como os nomes dos principais executivos (atuais e anteriores) da empresa!  E não se esqueça que você pode obter todas estas informações de ativos do mundo inteiro…

MetaStock Xenith no iPad

MetaStock Xenith no computador

Temos um vídeo no nosso canal do YouTube que demonstra algumas funcionalidades do Xenith: http://www.youtube.com/watch?v=FQ0M37CBozo&feature=plcp&noredirect=1

Não deixe de conhecer esta ferramenta, você vai adorar!

Abraços

Marcelo Creimer

Categorias:Geral Etiquetas:, ,

Back-test no MetaStock

27 de Agosto de 2012 Deixe um comentário

Em linhas gerais, a análise técnica baseia-se no comportamento passado dos preços do ativo para tentar predizer sua condição futura.  Até aí, nenhuma novidade.

Entretanto, o investidor pode ficar confuso diante das centenas de ações existentes na bolsa.  Afinal, se ele gosta de usar determinada estratégia, e esta estratégia está dando sinal de entrada em uma ação, ele pode vir a se perguntar: “Mas será que no passado esta estratégia funcionou bem com esta ação?”.  É válido pensar também se esta estratégia funciona melhor com uma outra ação.  Ou ainda, se você quiser operar com esta específica ação, qual estratégia funciona melhor com ela?  E dentre um conjunto de ações, qual sistema funciona melhor para cada uma?

Para se obter estas respostas, existe o back-test.  E fazer um back-test na mão é uma tarefa praticamente desumana.  Neste ponto entra o MetaStock com a ferramenta “Enhanced System Tester”, que realiza back-tests com diversos parâmetros, usando cenários realistas, retorna diversos relatórios com dezenas de valiosos resultados, e ainda pode otimizar sua estratégia.

O back-test no MetaStock tem tantos recursos, que achei melhor escrever um artigo específico sobre ele.  Como o artigo ficou bastante extenso, fiz um PDF que estou anexando a este post, para vocês fazerem o download.

Back-Test no MetaStock

Boa leitura!

Marcelo Creimer

Categorias:Geral

Point & Figure – O que é isso?

19 de Junho de 2012 Deixe um comentário

Talvez você já tenha ouvido falar em Point & Figure, ou até mesmo visto um gráfico deste tipo e ficou sem entender nada.  Point & Figure (P&F) é um estilo de gráfico que ignora o tempo.  A tecnologia P&F já existe há no mínimo um século.

Basicamente ele consiste na representação gráfica da oferta e demanda, representadas pelos símbolos “O” e “X”.  Os Xs são marcados quando os preços se movem para cima, denotando aumento da demanda.  Quando o fornecimento começa a superar a demanda, os Os são desenhados em outra coluna.  Conforme o preço se move para frente e para trás, colunas são adicionadas à direita.  Este avanço para a direita não é afetado pelo tempo.  O movimento de preço de um valor para o outro pode ser feito em um dia ou em um ano.  Desde que o movimento não retroceda tão longe o suficiente para iniciar uma reversão, o movimento continuará sendo desenhado em uma única coluna.  Os valores chave para gráficos P&F são o tamanho da caixa (box size) e a quantia para reversão (reversal amount).  O gráfico será exibido de maneira dramaticamente diferente com a mudança destes valores.  O tamanho da caixa é a quantia de preço que precisa aumentar  para que um novo X seja desenhado.  A quantia para reversão significa quanto o preço tem que se mover contra a direção atual para disparar uma reversão.

Nada como um bom exemplo para ficar fácil de entender. Na figura abaixo mostramos um gráfico P&F da Ambev (AMBV4) no MetaStock.  Note que a primeira coluna do gráfico é composta por 9 Xs, que representa todo o ano de 2010.  Pois bem, em 2010 a Ambev teve mínima de 49,13 e máxima de 29,84, o que representa 19,29 de diferença.  Considerando a divisão inteira de 19,29 por 2 (box size), temos como resultado 9, que é o número de Xs desenhado em 2010.  Como não houve nenhuma queda de pelo menos 3, nenhum O foi desenhado para este ano.  Já em 2011 e 2012 a volatilidade foi maior, onde você ver alguns Os desenhados.  Abra um gráfico de candlestick da AMBV4 neste período e continue comparando  com a figura abaixo, que você logo entenderá o funcionamento.

Gráfico P&F da AMBV4

No MetaStock há vários recursos (Explorers, Expert Advisors, etc) de P&F.  Você pode ter uma boa referência sobre isso no documento “Point and Figure Toolbox.PDF” que vem junto com seu MetaStock no diretório C:\Program Files\Equis\MetaStock.

O programa Padrões Gráficos permite também fazer a busca por padrões P&F, ou até você desenhar na tela seus próprios P&F a serem buscados.

Bons Trades!

Marcelo Creimer

Fórmula – MACD Histograma

30 de Maio de 2012 Deixe um comentário

Para tentar antecipar a visualização do cruzamento do MACD, podemos utilizar o MACD Histograma. Em alguns casos isto pode te ajudar a prever uma inversão de tendência.

O MACD Histograma consiste na diferença entre a linha MACD e a linha de sinal através de barras ou gráfico de área.  Embora o histograma, quando acima ou abaixo da linha de zero, possa indicar compra ou venda, a sua maior vantagem é justamente a visualização da diferença entre as duas linhas.

Desta forma, quando o os fundos do indicador estão em tendência de alta e os fundos do ativo estão em tendência de baixa, temos uma indicação de uma possibilidade de alta em curto prazo muito forte, porque o MACD Histograma está sinalizando uma diminuição da força vendedora.  Em caso de tendência de alta no ativo, aplica-se a mesma estratégia.

 Vamos programar no MetaStock:

X:=Input(“Linha de Sinal”,1,100,9);

Fml(“MACD com parâmetro das médias”) – Mov(MACD(),X,E)

Categorias:Geral Etiquetas:, , ,

Indicador HiLo

9 de Maio de 2012 Deixe um comentário

O HiLo é um indicador que se tornou muito popular nos últimos tempos. Como ele não vem implementado no MetaStock, resolvemos criar a fórmula para vocês.

Este indicador, desenvolvido por Robert Krausz, atua basicamente como disparo de entrada, como um stop móvel. Ele se baseia no novo plano de análise gráfica de Gann Swing. O Hilo Activator (que pode ser traduzido como Disparador de Alta e Baixa) é uma média móvel das altas ou baixas, desenhadas de uma maneira diferenciada.

Para utilizar este indicador, é importante identificar a principal tendência, e os sinais de compra ou venda, dados através de outro indicador. Você pode utilizar uma média móvel, por exemplo. Desta forma, o disparador HiLo Activator pode ser usado como um disparador para stop de entrada e stop de saída. Quando o preço está acima do HiLo, sendo seguido pela linha verde, ele pode ser usado como um stop de compra. Quando os preços estão abaixo do indicador, sendo seguido pela linha vermelha, ele pode ser usado como um stop de venda.

Agora vamos programá-lo para uso no MetaStock:

Vá em “Tools > Indicator builder > New”
No campo “Name” digite “HiLo MCTrade”
No campo “Formula” digite a fórmula abaixo:

HLd:=If(CLOSE>Ref(Mov(H,3,S),-1),1,If(CLOSE<Ref(Mov(L,3,S),-1), -1,0));
HLv:=ValueWhen(1,HLd<>0,HLd);
HLd;HLv;

Depois de criar o indicador, vamos criar um Expert Advisor

1. Crie um Symbol Azul com essa fórmula:

FmlVar(“HiLo MCTrade”,”HLV”) =1

2. Crie um Symbol Vermelho com essa fórmula:

FmlVar(“HiLo MCTrade”,”HLV”) =1

Em seguida clique com o botão direito do mouse no gráfico, selecione “Expert Adivisor”, “Attach” e depois selecione o “HiLo”.

Pronto, agora você já pode vê-lo no gráfico.

Categorias:Geral Etiquetas:, , ,